Meu coração pertence ao papai

Luiz Carlos Góes ambienta seu romance em Das Brazilk, um país imaginário que tem uma cidade como Niterói e outra Rio de Janeiro com o bairro de Ipanema. O leitor se depara com os anos 1960, nos quais o narrador reproduz os gostos e preceitos da sociedade brasileira preconceituosa e católica. O livro é uma comédia aloprada, Luiz Carlos foi um dos autores do teatro brasileiro que ficou conhecido pelo que passou a se chamar besteirol.  

O romance de Luiz Carlos Góes é um antídoto contra a caretice. Em sua forma desbocada e anárquica de escrever o autor, falecido em 2014, narra as aventuras de Rico dos seus doze aos 14 anos, o desenvolvimento de seu corpo e a descoberta do sexo, bem como de sua paixão pelo pai, que é correspondida. A saga de Rico começa em Niterói, de onde a família tem que se mudar devido ao escândalo de Rico com um pracinha. Para que a honra da família não ficasse manchada, o pai, que é do partido Comunista, se muda com a família para a rua Paul Redfern, em Ipanema. Lá novas aventuras sexuais esperam por Rico, desta vez envolvendo as relações entre seus familiares e outros sujeitos que vão circular em torno dessa família de sobrenome enorme.

A enxurrada de referências do texto é impressionante que vai desde os atores e filmes de Hollywood, passando pela história do Rio de Janeiro, até uma trama rocambolesca em que nazistas moram em das Brazilk, entremeados à história do Morro do Pinto e Dom Helder Câmara. Na ficção anárquica de Luiz Carlos Góes tem lugar pra muita diversidade de plots, inclusive para se discutir o abuso sexual de crianças. O importante é que nada fique de pé. A crítica e a verve de Luiz Carlos são arrasadoras. A família tradicional brasilkeira, a religião, o Partido Comunista, as relações entre as classes sociais nada sai incólume, pelo contrário é tudo destruído para dar lugar a uma alegria sexual, com muito prazer e o excesso da linguagem barroca, quase gongórica em sua trama de blagues, trocadilhos, neologismos, expressões da mais fina ironia e sacanagem que vemos raríssimas vezes aparecer na literatura brasileira.

 

O livro pode ser adquirido com desconto de 15%. De R$ 48,00 por R$ 40,80 em pré-venda de 18 de março até 19 de abril + frete + taxa PayPal

 

Para pré-venda, o livro acompanha 6 postais com ilustrações feitas por Antonio Kvalo e Vinnie Campos exclusivas para o livro.

Entregamos em todo o Brasil.

 

14X21 cm, 304 pág. 2021.

Meu coração pertence ao papai

REF: 978-65-88010-18-1
R$ 48,00 Preço normal
R$ 40,80Preço promocional

    COPYRIGHT © O SEXO DA PALAVRA - PROJETOS EDITORIAIS
    CNPJ: 33.713.941/0001-21
    Av. Dr. Laerte Vieira Gonçalves, 466 - Santa Mônica
    Uberlândia - MG
    CEP: 38.408-176