Do texto ao filme: a temática queer na literatura e no cinema

Do texto ao filme: a temática queer na literatura e no cinema, organizado pelo Prof. Dr. Fábio Figueiredo Camargo, da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e por Luciene Guimarães, doutoranda no programa de  Littérature et arts de la scène et de l’écran, pela Université Laval, no Canadá, é uma coletânea de artigos de professores e pesquisadores, explorando filmes adaptados de textos literários que tratam da representação da temática queer. À luz de teorias de gênero, da adaptação, da intermidialidade e da psicanálise, os autores se debruçam sobre filmes de diversos países e configurações culturais bem como de temporalidades variadas. Esse repertório inclui filmes do francês Jean Genet, dos norte-americanos Todd Haynes, Duncan Tucker, James Ivory, Rob Epstein, Jeffrey Friedman, dos brasileiros Carolina Jabor e José Antônio Garcia, do taiwanês Ang Lee, assim como do sul-africano John Trengove.

Os filmes aqui tratados têm em comum serem adaptações de livros que têm como tema central personagens queer. 

Os artigos apresentados analisam diversas questões em torno das adaptações, como a desconstrução do gênero Western no filme O segredo de Brokeback Mountain (2005), ao abordar a paixão entre dois caubóis do Oeste dos Estados Unidos entre os anos de 1963 e 1981, haja vista que o queer perturba representações anteriormente consagradas pelo cinema. O livro também aborda filmes como Transamerica (2005), que conta a trajetória de um pai transgênero, e O Corpo (1991), adaptado do conto homônimo de Clarice Lispector, tratando de um trisal. Ainda, dois filmes do cineasta Todd Haynes, um dos representantes da geração New queer cinema, são explorados neste livro. O primeiro é Poison, que estabelece uma estreita relação com o único filme de Jean Genet, Un chant d’amour (1950). O segundo é  Carol (2015), adaptado do livro de Patricia Highsmith, que, devido ao autoritário código Hays norte-americano dos anos 1930-1960, foi proibido, e trata do relacionamento entre duas mulheres nos anos repressivos de 1950. O filme Maurice (1987), dirigido por James Ivory, adaptado de E. M. Forster, propõe uma leitura sobre um importante intertexto histórico: a condenação do escritor Oscar Wilde. Já o  filme Howl (2010), de Rob Epstein e Jeffrey Friedman, é aqui analisado  como a representação ou a transcriação do poema do beatnick Allen Ginsberg. O filme Inxeba: The wound (2017), de John Trengove, adaptado do livro de Thando Mgqolozana, aborda uma questão cultural complexa com relação à masculinidade em uma tribo da África do Sul. Finalmente, o filme Aos teus olhos (2017),  de Carolina Jabor, adaptação de peça teatral do catalão Josep Maria Miró, explora a banalização da mentira e a relativização da verdade e o conceito de pós-verdade na sociedade contemporânea. 

O livro conta com 26 páginas coloridas, sendo todos os cartazes dos filmes analisados impressos em página única, além de frames captados, o que amplia a qualidade visual do objeto. A editora está disponibilizando a partir do dia 18 de janeiro a pré-venda com 15% de desconto.

O livro oferece uma contribuição no campo interdisciplinar, podendo despertar  interesse tanto dos estudiosos de gênero, quanto  da intermidialidade, assim como daqueles que estudam as  relações entre  literatura e cinema.

 

O livro pode ser adquirido na pré-venda até o dia 1° de março por R$ 51,00 + frete + taxa PayPal

 

Entregamos em todo o Brasil.

 

14X21 cm, 256 pág. 2021.

Do texto ao filme: a temática queer na literatura e no cinema

SKU: 978-65-88010-13-6
R$ 60,00Preço
Imposto não incl. |